1.1. Justificativa

O Curso Técnico em Turismo Receptivo está organizado para dar atendimento aos diversos segmentos da área e atende as demandas cada vez mais exigentes e diversificadas. Qualifica os serviços e produtos ofertados aos turistas nacionais e internacionais, fatores decisivos para a projeção da imagem do Brasil e a consolidação do país como destino turístico de excelência.
O mapa turístico brasileiro conta atualmente com 3.635 municípios, organizados em 276 regiões. Dos 65 destinos turísticos nacionais promovidos pelo Ministério do Turismo, 12 estão no Estado de São Paulo, com mais de 25 roteiros, rotas, caminhos, circuitos e estâncias e mais de 8 mil estabelecimentos hoteleiros. O Estado possui as melhores rodovias do país, importantes aeroportos e o maior porto da América Latina, utilizado também para cruzeiros marítimos.

Nesse contexto, o turismo tem ampla participação na economia, atuando numa grande variedade de atrações e em diversos segmentos de mercado como o de ecoturismo (cachoeiras, cavernas, rios, serras, fontes de água mineral e parques naturais) o religioso, o rural, o histórico (construções dos séculos XVI, XVII, XVIII, igrejas jesuíticas e sítios arqueológicos), o de sol e praia (banhado pelo Atlântico, o litoral paulista tem 622 quilômetros pontilhados por praias dos mais diversos tipos e tamanhos) e de eventos e compras.

A cidade de São Paulo, emblemática pelo trabalho e negócios, que não para de crescer e desenvolver, apresenta respeitabilidade em diversos setores da economia. Destaca-se pela infraestrutura, com uma gama de serviços de saúde, alimentação, hospedagem, entretenimento e educação. Segundo a Fecomércio1 SP, a cidade realiza aproximadamente 90 mil eventos por ano, que geram uma média de 500 mil empregos, representando 75% do mercado brasileiro de feiras de negócios. Em termos de receita, os eventos contabilizam R$ 2,9 bilhões/ano, atraindo 4 milhões de turistas que despendem individualmente uma média de R$ 725,18.

Tendo em vista as estatísticas e necessidades apontadas pelo mercado profissional, faz-se necessária a elaboração e implementação do Curso Técnico em Turismo Receptivo, que preparará o profissional para atender as exigências e expectativas do trade turístico do Estado de São Paulo, buscando a excelência na prestação de serviços e atendimento para esse nicho mercadológico que está em ascensão no mundo, no Brasil e, principalmente, na capital paulista, além de atuar como Guia de Turismo Regional, após cumprir os requisitos necessários.

A atividade turística é uma das principais fontes de geração de renda e emprego da atualidade e influencia de forma considerável o desenvolvimento econômico e social, através de atividades e empreendimentos ecologicamente sustentáveis. Segundo a Organização Mundial do Turismo2 (OMT), movimenta-se em receitas cambiais uma média de US$ 919 bilhões e a expectativa é de que tal número alcance 1,6 bilhões em 2020.

O Curso Técnico em Turismo Receptivo atenderá a demanda do mercado profissional através da qualificação oferecida pelas escolas técnicas estaduais do Centro Paula Souza.


1.2 Objetivos
O curso de TÉCNICO EM TURISMO RECEPTIVO tem como objetivos capacitar para:

  • formar profissionais para receber, orientar e dar assistência a turistas em hotéis, agências de turismo, restaurantes e eventos;
  • gerar os roteiros, itinerários turísticos e atividades de lazer;
  • avaliar a qualidade dos produtos e serviços de atendimento realizados;
  • elaborar projetos cujo enfoque seja o atrativo turístico e a hospitalidade regional.
  • guiar turistas por roteiros históricos, naturais, culturais e educativos no Estado de São Paulo


1.3 Perfil Profissional de Conclusão
MÓDULO III – Habilitação Profissional de TÉCNICO EM TURISMO RECEPTIVO

O TÉCNICO EM TURISMO RECEPTIVO é o profissional que acolhe o turista em agências de turismo, meios de hospedagem, bares e restaurantes, empresas organizadoras de eventos, hospitais, parques, dentre outros atrativos turísticos e empresas prestadoras de serviços em hospitalidade. Organiza atividades recreativas, identifica os equipamentos e atrativos turísticos, organiza roteiros históricos, culturais e educativos, planeja eventos, assim como desenvolve atividades inerentes à arte da hospitalidade, presta informações, assistência e orientação técnica ao turista, bem como identifica oportunidades empreendedoras.


1.4 Organização Curricular
1.4.1. Estrutura Modular
O currículo foi organizado de modo a garantir o que determina a Lei Federal 9394/96, alterada pela Lei Federal 11741/2008, Indicação CEE 08/2000, Indicação CEE 108/2011, Deliberação CEE 105/2011, Resolução CNE/CEB 06/2012 e Parecer CNE/CEB 11/2012 e Resolução CNE/CEB 04/2012, assim como as competências profissionais que foram identificadas pelo Ceeteps, com a participação da comunidade escolar.

A organização curricular da Habilitação Profissional de TÉCNICO EM TURISMO RECEPTIVO está organizada de acordo com o Eixo Tecnológico de “Turismo, Hospitalidade e Lazer” e estruturada em módulos articulados, com terminalidade correspondente à qualificação profissional de nível técnico identificada no mercado de trabalho.

Os módulos são organizações de conhecimentos e saberes provenientes de distintos campos disciplinares e, por meio de atividades formativas, integram a formação teórica à formação prática, em função das capacidades profissionais que se propõem desenvolver.
Os módulos, assim constituídos, representam importante instrumento de flexibilização e abertura do currículo para o itinerário profissional, pois que, adaptando-se às distintas realidades regionais, permitem a inovação permanente e mantêm a unidade e a equivalência dos processos formativos.

A estrutura curricular que resulta dos diferentes módulos estabelece as condições básicas para a organização dos tipos de itinerários formativos que, articulados, conduzem à obtenção de certificações profissionais.

1.4.2. Itinerário Formativo
O curso de TÉCNICO EM TURISMO RECEPTIVO é composto por três módulos.

O aluno que cursar o MÓDULO I concluirá a Qualificação Profissional Técnica de Nível Médio de ASSISTENTE DE ATIVIDADES RECREATIVAS.

O aluno que cursar os MÓDULOS I e II concluirá a Qualificação Profissional Técnica de Nível Médio de ASSISTENTE DE EVENTOS EM SERVIÇOS TURÍSTICOS.

Ao completar os MÓDULOS I, II e III, o aluno receberá o Diploma de TÉCNICO EM TURISMO RECEPTIVO, desde que tenha concluído, também, o Ensino Médio.

Obs.: O concluinte dos Módulos I, II e III, portador do Ensino Médio, maior de 18 anos ou emancipado, que apresentar comprovante de ter realizado no mínimo 3 (três) viagens técnicas (100 horas) acompanhado de profissional credenciado pelo Ministério do Turismo, fará jus ao certificado de Qualificação Profissional de Nível Médio de GUIA DE TURISMO REGIONAL.

 

PLANOS DO CURSO

  Sobre o curso


REDES SOCIAIS

 Instagram      Twitter    Facebook     Youtube

Alameda Perimetral, s/nº
         Ilha Solteira/SP 
         CEP 15385-000

Cel: (18) 99802-1011
E-mail: e065dir@cps.sp.gov.br

Etec Ilha Solteira - Todos os direitos reservados.
Site desenvolvido por www.acontecenailha.com.br