O que o aluno estuda

No setor produtivo, a indústria elétrica ocupa lugar relevante. Pode-se verificar por meio do avanço tecnológico o intenso efeito multiplicador na economia mundial. Assim, a indústria elétrica torna-se a base para uma verdadeira revolução tecnológica, proporcionando mudança radical nos processos de produção e desenvolvimento de produtos. Na geração de energia elétrica, o Brasil conta com 4679 usinas em operação sendo 219 hidrelétricas, 436 pequenas centrais hidrelétricas (PCHs), 2 usinas nucleares, 2.952 termoelétricas (gás, biomassa, óleo diesel e combustível), 603 centrais hidrelétricas, 423 centrais geradoras folielétrica (EOL), 44 centrais geradoras solares fotovoltaicas que correspondem a uma capacidade instalada de 151.575 MW. Destaca-se que o Técnico em Eletrotécnica pode atuar em todas as áreas do setor elétrico, seja nas usinas geradoras, empresas de transmissão e distribuição e sobretudo, nos consumidores de energia como funcionários de indústrias, comércios ou como autônomo. Vale salientar a importância da microgeração, na qual é requerida a mão de obra dos Técnicos em Eletrotécnica, seja para o projeto e instalação de painéis solares e seus acessórios, seja para a manutenção desses componentes.

O que o profissional faz

O Técnico em Eletrotécnica é o profissional que projeta, instala, opera e mantém elementos do sistema elétrico de potência. Elabora e desenvolve projetos de instalações elétricas industriais, prediais e residenciais e de infraestrutura para sistemas de telecomunicações em edificações. Planeja e executa instalação e manutenção de equipamentos e instalações elétricas. Aplica medidas para o uso eficiente da energia elétrica e de fontes energéticas alternativas. Projeta e instala sistemas de acionamentos elétricos e participa no desenvolvimento de projetos de sistemas de automação industrial. Executa procedimentos de controle de qualidade e gestão.

Onde trabalhar

Laboratórios de controle de qualidade, calibração e manutenção; indústrias de transformação em geral e trabalho como autônomo; concessionárias e prestadores de serviços de telecomunicações; empresas de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica; grupos de pesquisa que desenvolvam projetos na área de sistemas elétricos; indústrias de fabricação de máquinas, componentes e equipamentos elétricos; empresas que atuam na instalação, manutenção, comercialização e utilização de equipamentos e sistemas elétricos.

Detalhes do curso

Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais
Período: Noturno
Duração: 3 semestres

Unidade: Etec Sede – Ilha Solteira
Coordenadora: Carolina de Oliveira Silva

Matriz curricular

Matriz curricular corresponde às disciplinas que o aluno aprende durante o curso

  1. Eletricidade Básica
  2. Circuitos Elétricos I
  3. Máquinas Elétricas I
  4. Instalações Elétricas I
  5. Desenho Informatizado em Eletrotécnica
  6. Eletrônica Analógica
  7. Segurança no Trabalho com Eletricidade
  1. Circuitos Elétricos II
  2. Eficiência Energética
  3. Máquinas Elétricas II
  4. Instalações Elétricas II
  5. Comandos Elétricos
  6. Inglês Instrumental
  7. Planejamento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) em Eletrotécnica
  1. Circuitos Elétricos III
  2. Ética e Cidadania Organizacional
  3. Técnicas de Manutenção Elétrica
  4. Controle e Automação
  5. Geração, Transmissão e Distribuição de Energia
  6. Linguagem, Trabalho e Tecnologia
  7. Desenvolvimento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) em Eletrotécnica